quarta-feira, 22 de outubro de 2008

A favor de HSM (mas só um pouco)

Amanhã estréia nos cinemas o novo filme da turma do High School Musical. Trata-se de nada menos que a maior franquia da Disney no momento. O primeiro filme foi um tiro no escuro que deu certo e o segundo confirmou que o sucesso era ainda maior. Os moços e moças da série estão estampados desde roupas até copos, passando por revistas e álbuns, e renderam mais até hoje que Wall-E, por exemplo.

É uma chatice, claro. Não gosto de filmes musicais – muito menos dos que tem uma lição no final. Mas, ei, eu não sou o público alvo desse filme. O elenco do High School Musical (e de outras séries, filmes e bandas da Disney, como Jonas Brothers e Hannah Montanna) tem sido perseguido por ser muito bem comportado.

Como irmão mais velho de uma fã, confesso que preferia ver minha irmã ouvindo The Clash ou até mesmo Green Day (ou até Avril Lavigne!) que os teens do Jonas Brothers, mas fazer o quê? Os caras usam um anel no dedo que simboliza que eles são puros e que vão perder a virgindade apenas depois do casamento. Uma cafonice sem precedentes, mas ninguém pode negar que é um bom valor pra ser passado para crianças e pré-adolescentes. Nem vou discutir se eles estão falando a verdade e muito menos se todos os fãs farão o mesmo, mas acho revolucionário ser polêmico por ser comportado.

Os ídolos do pop saem por aí sem calcinha, pintam o cabelo de rosa, ficam sem depilar o suvaco, chupam gente dentro do banheiro de boates, são acusados de pedofilia. Fica tudo tão banal, que nem choca mais. No meu tempo não era assim, não. E, pelo visto, os tempos da minha irmã também não estão sendo.

Para ouvir depois de ler: Arco-Íris – Xuxa

6 comentários:

Serginho Tavares disse...

bons tempos os meus que via jonny quest

manu disse...

Ah vai, High School nem é taaaao ruim assim. O zac faz escova no cabelo,o irmão da sharpay é gay e a Gabriela (Vanessa Hudgens) namora o namoradinho do filme na vida real. Super moderninho.Podia ser ior, podia ser um musical com a Kelly Key e o Latino.
(sim, eu sei de td isso pq eu tenho alunas pré-adolescentes)

mariana disse...

Mas infelizmente entre a sua irmã e você tem outra geração...

doug disse...

no começo é isso mesmo, é regrinha nos eua, todos são os namoradinhos 'puros' da américa, depois dos 18 saem por aí pagando de britney.

doug disse...

Ah, me esqueci, tô linkando...

OBS: eu lia o 'unsent', mas vc ñ aceitava comments...

Fripe disse...

Nossa, é realmente preocupante.
As pessoas passaram a chamar atenção e causam polêmica por serem "certinhas demais". É tanta modernidade! heuaheuaeuaehuaheauhe