sábado, 14 de abril de 2012

Pagando pra ver

Acabei de ler uma HQ chamada "Paying For It". É a história real de um cartunista que decide que não quer ter mais namoradas e começa a fazer sexo apenas com prostitutas.

Depois de terminar um namoro e presenciar o novo relacionamento cheio de brigas da ex, Chester Brown percebe claramente que a ideia de amor romântico é um porre, causa mais dor do que alegria e quer pular fora desse barco. Ele defende que o sucesso dos relacionamentos são momentâneos pois as pessoas mudam - não necessariamente na mesma direção e isso é normal ("Me sinto uma pessoa diferente da que era há 10 anos e uma muito diferente da que eu era há 20 anos", exemplifica).

E aí o que sobra? Só chateação. Estar em um relacionamento amoroso sério não te garante sexo na hora que você quer. E se a única parte boa da relação é o sexo e você consegue sexo fácil fora de uma relação, pra quê ter uma relação?

A mãe de um dos amigos do tal cartunista fala que ele não tem respeito próprio ao saber que ele saiu com prostitutas. Chester diz que ao contrário do que pensam, se sente muito bem na vida e consigo mesmo e ainda argumenta: "Olha só o nosso amigo R, que acabou de levar um fora da namorada. Ele está péssimo tem muito tempo, ele está sofrendo. E porque ele está sofrendo? Pois ele foi rejeitado, pois ele precisa de alguém que esteja apaixonado por ele. Sem essa voz externa dizendo 'Te amo', ele desmorona. É por isso que pessoas precisar de relacionamentos, pois são inseguras. Precisam de alguém do lado de fora dizendo que elas são amáveis. Ou bonitas. Ou legais. Um cara com respeito próprio é um cara que não precisa estar num relacionamento [pra ser segura de si]". Interessante, não?

Pouco depois, ele conta aos amigos que deu uma de suas HQs para uma das prostitutas que ele vê. "Ela sabe o que você faz? Você conversa com elas?", perguntam os colegas. "Conversar - conhecer um pouco da moça - é um adicional à experiência. A faz parecer menos fria e impessoal", responde. E seu amigo recomenda: "Aqui vai uma ideia: se você quer ter uma experiência sexual que não é fria e impessoal, arranje uma namorada". Hum, touché.

O livro levanta várias questões interessantes sobre a invenção do romantismo ("no passado, era comum desenvolver afeto pela pessoa com quem você tinha se casado, mas amor não era motivo para casar. As pessoas casavam por dinheiro, status, famílias, acordos etc") e, mais para o final, começa até um debate sobre a legalização da prostituição - e de um ponto de vista que nunca tinha prestado atenção e que me surpreendeu.

No final, a mensagem é que cada um sabe da própria vida, cada um deve ir atrás do que acha certo para si - mas sempre é bom dar umas paradinhas no caminho pra ver se você está indo pro lugar que você quer ou pro lugar que estão te falando pra ir.

"Paying For It" não tem edição em português ainda, mas tem uma linguagem fácil, não é preciso ter um inglês afiado não. E vale muito a leitura, é um tipo de reflexão bem ímpar e, convenhamos, diferente. Muito do que é produzido atualmente pela indústria cultural é pra reforçar essas ideias de amorzinho e mimimi.

Mas o buraco é mais embaixo, claro. A gente lê essas coisas, entende, aceita, dá razão - mas não funcionamenos bem assim. É exatamente como Woody Allen diz em "Annie Hall":

O cara vai ao psicólogo e diz: "Doutor, meu irmão está louco; ele acha que é uma galinha". E o médico diz: "Bom, e porque você não interna ele?", e o cara diz: "Até internaria, mas preciso dos ovos".

Acho que é assim que me sinto sobre relacionamentos. São totalmente irracionais e loucos e absurdos. Mas a gente continua insistindo neles pois a maioria de nós precisa dos ovos.

2 comentários:

Renata A. disse...

Seu blog é ótimo!
Sobre as ideias do livro, muito se assemelham ao que diz a psicanalista Regina Navarro, conhece ela? É bem polêmica, porque ela prega exatamente o fim do amor romântico (e diz que estaríamos vivendo uma era de transição para o poliamor). Recomendo também!

Beijos

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil! - disse...

VejaBlog
Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
http://www.vejablog.com.br

Parabéns pelo seu Blog!!!
- Admirável Blog Novo -

Você continua fazendo parte da maior e melhor
seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está entre
os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

O seu link encontra-se no item: Blog

http://www.vejablog.com.br/blog

- Os links encontram-se rigorosamente
em ordem alfabética -

Pegue nosso selo em:
http://www.vejablog.com.br/selo

Um forte abraço,
Dário Dutra

http://www.vejablog.com.br
....................................................................