terça-feira, 12 de maio de 2009

A mulher que não entendia a Elle

"Muito importante, não é?” me disse, apontando para a revista. “Cheia de reportagens muito boas sobre coisas bem relevantes”. Acontece que é uma ironia que sai pela culatra. É uma revista de moda. Se você está esperando reportagens investigativas está procurando no lugar errado.

Mas ó, até aí tudo bem. Todo mundo tem direito de não gostar da revista que não quiser gostar. Eu não gosto da Piauí, por exemplo. Acho prepotente demais e isso sem contar a síndrome de underground que a rodeia. Todo mundo que lê carrega aquele trambolho de revista (que formato é aquele?) pra todo lugar, pra todo mundo ver que ele a lê e vira mexe começa um assunto com “ah, eu li na Piauí desse mês uma história ótima sobre...”. Ah, bocejos. Estou numa fase braba de evitar pseudo-intelectuais. Pessoas inteligentes e de bem com a vida me atraem muito mais. Prefiro ler a Rolling Stone ou livros.

A quem incomodar possa, me desculpe. Mas eu sinto um apertozinho de ódio no coração quando vejo gente desdenhando coisas que gostam. Eu sei que sou mais superficial do que deveria, mas não tenho problema algum em admitir que gosto de coisas que não devia. E aí descansa o problema, o motivo deste texto: depois de dizer tudo isso, sabe o que ela faz? Pega a revista e vai ler.

Alguém me explica?

Para ouvir depois de ler: Rufus Wainwright – Peach Trees

5 comentários:

Rafa disse...

a 'piauí' sofre do mesmo mal que atacou gente como, p. ex., a clarice lispector: fãs que acham que conhecimento se adquire pelo sovaco.

=*

Glauce disse...

"Eu sei que sou mais superficial do que deveria, mas não tenho problema algum em admitir que gosto de coisas que não devia." [2]

E aposto que quem gosta da Piauí também é fã de Los Hermanos. Não consigo evitar, mas o "ar" que envolve geralmente esses fãs me faz querer vomitar, acho que você me entende.

Beum disse...

eu assinei a piauí por um ano e a coisa mais útil q eu fiz com aquelas páginas enormes foi colocar pro meu cachorro fazer xixi na falta de um jornal. e adivinha? nem o o xixi ela absorve. clap clap clap

Ju disse...

"Conhecimento pelo sovaco" foi ótimo....
E se é para admitir coisas que gostamos mas não devíamos...leio caras. PRONTOFALEI.

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Um beijo atrás da orelha!

Lemon Blog disse...

também morro de preguiça de pseudo-intelectuais.

tem gente que acha lindo ler o livro que ninguém leu, escutar a música que ninguém escutou e ver o filme que ninguém viu.