quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Lembrai do 5 de novembro

Era em 5 de novembro de 1605 que a Conspiração da Pólvora devia ter dado certo. Não deu, mas foi o começo de uma linha nova de pensamento mencionada na música “Remember”, de John Lennon, e em “V de Vingança”, quadrinho de Alan Moore e David Lloyd e filme de James McTeigue. Não sabe do que se trata?

Um grupo de católicos ingleses queria assassinar o rei Jaime I e grande parte da aristocracia protestante. Afinal, as pessoas de diferentes religiões estavam sendo tratadas de forma diferente pelo Estado e a gota d'água, que deu início aos planos, foi quando a Princesa Elizabeth, de 9 anos, foi declarada chefe de estado.

O plano era, além de sequestrar uma criança da realeza e incitar uma revolta, explodir o parlamento do país numa sessão no qual todos esses fidalgos estariam presentes. Foram estocados 36 barris de pólvora sob o prédio e o responsável pela detonação de tudo seria um cara chamado Guy Fawkes.

O grande problema dos católicos até hoje, sabemos, é a culpa. E, com medo de matarem inocentes – mesmo que por uma causa maior – o grupo de revoltosos enviou avisos para que certas pessoas mantivessem distância do lugar no dia da explosão. Um aviso chegou ao ouvido do rei e Fawkes foi preso, torturado e condenado à forca por traição e tentativa de assassinato.

O ato hoje é considerado heróico e lembrado com fogos de artifício na Inglaterra. Sem contar a tradicional rima criada e que chegou ao resto do mundo com a música, HQ e filme que fazem referência aos fatos: "Remember, remember, the 5th of November / The gunpowder treason and plot / I know of no reason why the gunpowder treason / Should ever be forgot."

Para ver depois de ler: V de Vingança (James McTeigue, 2006, com Natalie Portman e Hugo Weaving)

7 comentários:

Glauce disse...

Não poderia ser lembrado de forma melhor, música e filme perfeitos! E eu bem que queria ir para a Inglaterra ver os fotos :)

fred disse...

Que isso, heim Gabriel! Que post mais mais cult. Hehehehe Salve Alan Moore!

André Cézar disse...

olá, muito legal seu blog, gostei muito do que li. :)
Parabéns!

Nicole disse...

"O grande problema dos católicos até hoje, sabemos, é a culpa." - NÃO, sabia que eu não sinto culpa de nada?! --. :P

JPG disse...

Mas deveria. Temos cruzadas, escravidão, condenação à minorias, morte de pessoas com religiões diferentes e ficamos calado quando hitler começou a matar judeus e minorias.
Então, acho que tem umas coisas bem ruins para pedirmos perdão. Todas feitas em nome da nossa religião.

Anônimo disse...

O MAXIMO

jHON sILVA disse...

PARABÉNS PELA ESCRITA AÍ HERMANÔ, AMEU, E NESSE MOMENTO TOU ASSISTINDO O FILME, MT SHOW