domingo, 30 de março de 2008

Se alguém perguntar por Fernanda

“Voz pequena e grande timidez. Uma garota moderna, com ares europeus e um look meio oriental, livre e independente”. Parece que Nelson Motta está descrevendo Fernanda Takai, mas foi isso que ele escreveu há 40 anos sobre Nara Leão.

Pra quem nunca enxergou, as duas moças têm mesmo muito a ver. Quando Nelson reparou e apontou o fato para Takai, se surpreendeu em saber que a vocalista da banda Pato Fu já conhecia seu trabalho. Fernanda ouvia fitas e vinis de Nara desde quando era criança.

Trabalhando em seu estúdio caseiro com o marido John (também do Pato Fu), Fernanda foi fazendo bonitas versões de canções de Nara, com um ar mais moderno e eletrônico. Cada demo era enviada para Nelson, em MP3, por e-mail. Ele retornava com observações. E foi assim por um bom tempo.

Percebendo que tinham material demais nas mãos, a decisão de lançar um álbum foi tomada e saiu o bonito “Onde Brilhem Os Olhos Seus”. O CD traz, entre outras, “Insensatez” (Jobim e Vinicius), “Luz Negra” (Nelson Cavaquinho), “Com Açúcar, Com Afeto” (Chico Buarque) e outras canções de compositores igualmente talentosos.

Muito bem recebido por público e crítica, Fernanda saiu em turnê pelo país. Um show intimista, mas bem animado e tocante. Quando coloquei o CD dela pra tocar no som do carro, meu pai disse (ao ouvir “Odeon”): “Gente, mas essa moça não fazia rock? Quem diria!”. E é isso mesmo. A própria cantora explica no show: "Não tem dessa de erudito ou popular". Música boa é aquele que é mágica, que nos faz bem. E ponto. O show foi muito gostoso pois era algo diferente. A platéia parecia estar muito feliz de estar ali e Fernanda idem.

Sempre muito educada e bem-humorada, Fernanda e sua pequena e competente banda tocaram todas as canções selecionadas para o CD e versões bem gostosas de “Ben”, do Jackson 5, uma do Duran Duran que estou tentando lembrar o nome desde ontem, e outras canções que fizeram sucesso na voz de Nara.

Enfim, foi um belo show. Fiquei muito contente de ter ido.

3 comentários:

Mans, André disse...

fernanda é um pitel
e esse show guardo com muito csrinho dentro de mim

tb fiz uma resenha pra ele no dia...

Rafael Costa disse...

acho que falta à voz da fernanda, um pouco da tristeza da voz da nara.

de qualquer forma, foi uma boa tentativa.

Passageiro disse...

“Onde Brilhem Os Olhos Seus” tá rodando direto no meu PC. Ela é um docinho de artista, e realmente, faltou mesmo a melancolia de Nara na sua voz, mas cada um sua personalidade, e valeu o esforço dela na homenagem.
Se superou na qualidade do CD, nos arranjos e tudo mais. Vale muito à pena.